Microagulhamento: Um Tratamento Eficaz para Rugas, Cicatrizes e Estrias

Dra. Angélica Pimenta
Microagulhamento: Um Tratamento Eficaz para Rugas, Cicatrizes e Estrias

Índice:

  • Introdução
  • O que é microagulhamento?
  • Como funciona o microagulhamento?
  • Benefícios do microagulhamento
  • Indicações do microagulhamento
  • Contraindicações do microagulhamento
  • Como é feito o microagulhamento?
  • Cuidados após o microagulhamento
  • Possíveis efeitos colaterais
  • Resultado do microagulhamento
  • Preço do microagulhamento

Introdução:

O microagulhamento, também conhecido como terapia de indução de colágeno por agulhas (IPCA), é um tratamento estético eficaz para rugas, cicatrizes de acne, estrias e outros problemas da pele.

Neste post, você encontrará informações sobre o que é microagulhamento, como funciona, benefícios, indicações, contraindicações, como é feito o procedimento, cuidados após o microagulhamento, possíveis efeitos colaterais, resultados e preço.

O que é microagulhamento?

O microagulhamento é um procedimento que utiliza um dispositivo com microagulhas para criar microperfurações na pele. Essas microperfurações estimulam a produção de colágeno e elastina, proteínas responsáveis pela firmeza e elasticidade da pele.

Como funciona o microagulhamento?

O microagulhamento funciona da seguinte forma:

  • Estimulação da produção de colágeno: As microperfurações causadas pelas agulhas estimulam a produção de colágeno e elastina, proteínas responsáveis pela firmeza e elasticidade da pele.
  • Aumento da absorção de produtos: As microperfurações facilitam a absorção de produtos de skincare, como cremes e sérum, potencializando seus resultados.
  • Renovação celular: O procedimento promove a renovação celular, deixando a pele mais jovem e radiante.

Benefícios do microagulhamento:

O microagulhamento oferece diversos benefícios para a pele, incluindo:

  • Redução de rugas e linhas de expressão: O microagulhamento estimula a produção de colágeno, o que ajuda a reduzir rugas e linhas de expressão.
  • Melhora da textura da pele: O procedimento ajuda a reduzir cicatrizes de acne, estrias e outras imperfeições da pele.
  • Uniformização do tom da pele: O microagulhamento pode ajudar a reduzir manchas escuras e hiperpigmentação.
  • Aumento da luminosidade da pele: O procedimento deixa a pele mais radiante e iluminada.
  • Redução da oleosidade da pele: O microagulhamento pode ajudar a controlar a oleosidade da pele.

Indicações do microagulhamento:

O microagulhamento é indicado para o tratamento de diversas condições dermatológicas, como:

  • Envelhecimento da pele: Rugas, linhas de expressão, manchas senis e lentigos.
  • Acne: Cravos, espinhas e cicatrizes de acne.
  • Manchas escuras: Melasma, hiperpigmentação pós-inflamatória e manchas senis.
  • Cicatrizes: Cicatrizes de acne, de cirurgias e de queimaduras.
  • Estrias: Estrias vermelhas e brancas.
  • Rosácea: Em alguns casos, o microagulhamento pode ser eficaz para controlar a rosácea.
  • Queda de cabelo: O microagulhamento pode ser usado para estimular o crescimento capilar.

Contraindicações do microagulhamento:

O microagulhamento é contraindicado para pessoas com:

  • Herpes labial ativo: O procedimento pode ativar o vírus do herpes.
  • Gravidez e amamentação: O microagulhamento pode ser prejudicial ao bebê.
  • Alergias: É importante informar ao dermatologista sobre qualquer alergia que você tenha.
  • Infecções na pele: O microagulhamento pode piorar a infecção.
  • Rosácea grave: O microagulhamento pode agravar a rosácea grave.

 

Como é feito o microagulhamento?

O microagulhamento é realizado em consultório médico por um profissional qualificado. Geralmente, a sessão tem duração de 30 a 60 minutos, seguindo os seguintes passos:

  1. Limpeza da pele: A pele é limpa com um sabonete neutro para remover as impurezas, oleosidade e maquiagem.
  2. Aplicação de anestésico: Um creme anestésico é aplicado na região a ser tratada para amenizar o incômodo do procedimento.
  3. Uso do roller ou dermapen: É utilizado um roller (rolo com microagulhas) ou uma caneta com microagulhas (dermapen) para rolar e deslizar no rosto. Ao entrar em contato com a pele, o equipamento provoca microperfurações superficiais.
  4. Aplicação de ativos: O médico pode aplicar ativos ou medicamentos diretamente na pele, aproveitando as microperfurações para otimizar a absorção.
  5. Aplicação de máscara calmante: Uma máscara hidratante e calmante pode ser aplicada ao final do procedimento para aliviar a vermelhidão e acelerar a recuperação.

Cuidados após o microagulhamento:

Alguns cuidados são fundamentais após o procedimento:

  • Evitar a exposição ao sol: É importante evitar a exposição direta ao sol após o procedimento pelo tempo indicado pelo profissional.
  • Usar protetor solar: Utilize protetor solar com FPS alto nas áreas tratadas diariamente, mesmo se não for sair de casa.
  • Manter a pele hidratada: A hidratação é fundamental para acelerar a recuperação. Siga as recomendações do seu dermatologista.
  • Não usar maquiagem nas primeiras horas: A maquiagem pode obstruir a pele logo após as microperfurações. Evite usá-la no dia do tratamento.
  • Respeitar as orientações: Siga corretamente todas as orientações do seu médico para a correta cicatrização.

Possíveis efeitos colaterais:

O microagulhamento é um procedimento relativamente seguro, no entanto, alguns efeitos colaterais podem ocorrer:

  • Vermelhidão e inchaço: A pele ficará avermelhada e com leve inchaço nos primeiros dias, sintomas que normalmente tendem a ir melhorando gradativamente.
  • Descamação leve: Pode ocorrer uma descamação leve da pele durante o processo de cicatrização.
  • Hematoma: Às vezes, pequenos hematomas podem ocorrer no local das perfurações.

Resultado do microagulhamento:

Os resultados do microagulhamento não são imediatos e necessitam de algumas sessões, já que as mudanças ocorrem devido à melhora gradual na produção de colágeno. Após cerca de 2 a 3 semanas da sessão já é possível observar uma melhora da pele, que vai se tornando mais nítida com o passar dos meses. Em geral, são necessárias de 3 a 6 sessões de tratamento.

  • Pele mais viçosa e brilhante
  • Melhora da textura da pele
  • Redução das cicatrizes (incluindo as de acne) e poros dilatados
  • Amenização de rugas e linhas de expressão
  • Clareando manchas e melasma
  • Amenização de estrias

Preço do microagulhamento:

O preço do microagulhamento pode variar bastante dependendo do equipamento utilizado, do profissional, da quantidade de sessões necessárias e da região do país. É fundamental buscar sempre orientação de um médico dermatologista especializado para uma avaliação individualizada e uma indicação assertiva do tratamento.

Conclusão:

O microagulhamento é um procedimento eficaz, pouco invasivo e com excelentes resultados estéticos. Além da renovação e rejuvenescimento da pele, também pode tratar rugas, cicatrizes de acne, estrias e melasma. O importante é ser realizado sob a supervisão de um médico habilitado que dará todas as orientações antes, durante e após o procedimento.