Labioplastia: como é feita a cirurgia?

Dra. Angélica Pimenta

Dra. Angélica Pimenta, especialista em estética e tricologia, explica o passo a passo da cirurgia

Índice:

  • Introdução
  • O que é lábios vaginais?
  • Indicação da labiosplastia
  • Tipos de labiosplastia
  • Como é feita a labiosplastia?
  • Cuidados pós-operatórios
  • Conclusão

Introdução

A região íntima é uma parte importante do corpo feminino, tanto para a saúde quanto para a sexualidade. Com o passar do tempo, alterações naturais podem ocorrer nessa região, como flacidez, escurecimento ou perda de elasticidade.

Para melhorar a aparência da região íntima, existem diversos tratamentos disponíveis. Um dos procedimentos mais comuns é a labiosplastia, também conhecida como limosina vaginal.

O que são lábios vaginais?

Os lábios vaginais são duas dobras de pele que ficam localizadas na entrada da vagina. Eles são divididos em dois tipos: os grandes lábios, que são mais externos, e os pequenos lábios, que são mais internos.

Indicação da labiosplastia

A labiosplastia pode ser indicada para mulheres que apresentam:

  • Hipertrofia dos grandes lábios vaginais: Essa condição é caracterizada pelo aumento do tamanho e da espessura dos grandes lábios vaginais.
  • Asimetria dos grandes lábios vaginais: Essa condição é caracterizada pela diferença de tamanho e/ou espessura entre os dois grandes lábios vaginais.
  • Incômodos estéticos: Algumas mulheres podem se sentir incomodadas com o tamanho ou a aparência dos grandes lábios vaginais.

Tipos de labiosplastia

Existem dois tipos principais de labiosplastia:

  • Limosina vaginal clássica: Esse tipo de cirurgia é realizado com um bisturi ou laser.
  • Limosina vaginal com lipoaspiração: Esse tipo de cirurgia combina a redução dos grandes lábios vaginais com a lipoaspiração da região.

Como é feita a labiosplastia?

A cirurgia é realizada com a paciente em posição ginecológica. O cirurgião faz uma incisão nos grandes lábios vaginais e remove o excesso de pele e tecido gorduroso.

No caso da liposução, o cirurgião também insere uma cânula na região para remover o excesso de gordura.

Cuidados pós-operatórios

Nos primeiros dias após a cirurgia, é comum sentir dor, inchaço e desconforto na região íntima. Também é possível que ocorram sangramentos leves.

O inchaço e o desconforto geralmente desaparecem em 1 ou 2 semanas. A dor também deve diminuir gradualmente, mas pode levar até 4 semanas para desaparecer completamente.

Para ajudar na recuperação, é importante seguir as seguintes recomendações:

  • Repouso: É importante descansar por pelo menos 24 horas após a cirurgia.
  • Alimentação leve: É recomendado consumir alimentos leves e de fácil digestão.
  • Hidratação: É importante se manter hidratado, bebendo bastante água.
  • Medicamentos: O cirurgião irá prescrever medicamentos para aliviar a dor e a inflamação.
  • Cuidados com a região íntima: É importante manter a região íntima limpa e seca.

Conclusão

A labiosplastia é um procedimento seguro e eficaz que pode melhorar a aparência e a autoestima da mulher. Se você está pensando em realizar esse procedimento, converse com um profissional especializado para saber se ele é o mais indicado para o seu caso.

Quer saber mais?

Agende uma consulta com a Dra. Angélica Pimenta para saber mais sobre a labiosplastia e como ela pode te ajudar.

Palavras-chave:

  • labiosplastia
  • limonisplastia
  • cirurgia íntima
  • redução dos grandes lábios vaginais
  • correção da hipertrofia labial
  • correção da assimetria labial