Pintas e Sinais

Ainda que seja comum encontrar PINTAS pelo corpo, algumas delas podem ser perigosas ou até ser melanomas (cancerígenas). Por isso, é muito importante observar as PINTAS, e em caso de ação de tamanho, cor, dor, sangramento, borda irregulares e assimetria é necessário buscar a opinião de um dermatologista. O que determina o aparecimento das PINTAS é a predisposição genética, mas a exposição solar em excesso é um fator predominamente. Veja alguns tratamentos que podem auxiliar com as PINTAS:

• CIRURGIA A remoção cirúrgica de pintas só deve ser feita se houver algum risco à saúde. Em indicações puramente estéticas, nem sempre vale a pena realizar o procedimento cirúrgico. A remoção é realizada com anestesia local, e a incisão é feita com bisturi ao redor da lesão, sendo que é importante deixar uma margem de segurança para que seja retirada totalmente. Os pontos são retirados em até uma semana.

• ELETROCOAGULAÇÃO Na Eletrocoagulação (eletrocirurgia) ocorre a destruição dos tecidos da pele com a aplicação de um bisturi de alta frequência. Na Eletrocoagulação, a lesão é carbonizada por eletricidade e calor. A recuperação é rápida, normalmente se retoma as atividades no mesmo dia, e o ferimento cicatriza em até 10 dias.

• SHAVING O Shaving é uma modalidade de retirada de lesões benignas superficiais que pode fornecer informações sobre a parte mais superficial da pele. O Shaving é um método bastante consagrado, pois há tempos é utilizado para a retirada de lesões "altas" (superficiais) por meio de uma lâmina de bisturi ou tesoura, provocando corte na base da lesão. É simples, porém muito eficaz. Como o corte não é profundo, não exige pontos. Além disso, o processo de cicatrização é bem rápido.

• CURETAGEM A Curetagem consiste na remoção de lesões cutâneas através da raspagem com um instrumento chamado cureta. Para o tratamento de lesões pequenas, na maioria das vezes não é necessário anestesia ou utiliza-se apenas cremes anestésicos aplicados com antecedência de uma hora, pois o procedimento é rápido e objetivo.

• CRIOTERAPIA A Crioterapia é o tratamento que usa baixas temperaturas para tratamentos estéticos e terapêuticos na pele. Para isso, podem ser usados jatos em spray ou com sondas previamente resfriadas. Nesse tratamento pode ser usado gelo seco ou nitrogênio líquido em contato com a pele, chegando a temperaturas de -196ºc.

• LASER DE CO2 FRACIONADO Há alguns anos, o Laser de CO2 era considerado extremamente agressivo. Agora com a tecnologia fracionada, o aparelho se tornou de última geração. Este avanço tecnológico permite um tratamento seguro, profundo e eficaz durante todo o ano. O Laser de CO2 Fracionado atua diretamente no colágeno e promove uma pele mais firme e jovem, suavizando rugas, manchas e flacidez. O aparelho também tem usos terapêuticos, como em ceratoses seborreicas (pintas benignas), ceratoses actínicas (lesões pré-malignas) e verrugas.
AGENDE ATRAVÉS DO WHATSAPP