Os mitos e verdades sobre o uso de protetor solar

Descubra os segredos por trás do uso do protetor solar. Proteja sua pele e saiba tudo o que você precisa para uma exposição segura ao sol.

Mito 1: Protetor solar não é necessário em dias nublados

Apesar das nuvens bloquearem parte da radiação solar, os raios UV ainda conseguem atingir a pele, podendo causar danos. Por isso, é importante usar protetor solar diariamente.

Verdade 1: Todos os tipos de pele precisam de protetor solar

Independentemente do tom de pele, a proteção solar é essencial para prevenir queimaduras, envelhecimento precoce e até mesmo câncer de pele. Não se engane.

Saiba Mais

Mito 2: Protetor solar impede a absorção de vitamina D

O protetor não bloqueia completamente a absorção de vitamina D, pois ainda permite que o corpo produza essa substância essencial. É ideal equilibrar a exposição ao cuidado.

Verdade 2: O protetor solar deve ser reaplicado ao longo do dia

A eficácia do protetor solar diminui com o tempo e com a transpiração, por isso é crucial reaplicá-lo a cada 2 horas ou após nadar ou suar intensamente. Não se esqueça dessa etapa!

Mito 3: Protetor solar com fator de proteção alto é suficiente

O FPS indica o tempo de proteção contra queimaduras solares, mas não protege contra todos os tipos de radiação UV. É importante escolher um protetor de amplo espectro.

Verdade 3: O protetor solar é indispensável mesmo em ambientes fechados

A radiação UV pode penetrar janelas e atingir a pele, mesmo dentro de casa ou do escritório. Portanto, mesmo em ambientes fechados, é importante manter a proteção solar diária.

Mito 4: Protetor solar não é necessário em dias frios

Apesar de o sol estar menos intenso em dias frios, os raios UV ainda estão presentes e podem causar danos à pele. Por isso, não deixe de aplicar protetor solar mesmo em dias frios.

Outros Posts