Introdução

A finasterida é um medicamento utilizado no tratamento da queda de cabelo e da hiperplasia prostática benigna. É importante seguir as recomendações de dosagem para garantir a eficácia do tratamento e evitar possíveis efeitos colaterais. Neste glossário, iremos detalhar as recomendações de dosagem da finasterida, para que você possa utilizar o medicamento de forma segura e eficaz.

O que é finasterida?

A finasterida é um medicamento que atua inibindo a enzima 5-alfa-redutase, responsável pela conversão da testosterona em di-hidrotestosterona (DHT). A DHT é um hormônio que contribui para a queda de cabelo e o aumento da próstata. Ao bloquear a ação da enzima, a finasterida ajuda a reduzir a queda de cabelo e o tamanho da próstata.

Recomendações de dosagem

A dose recomendada de finasterida para o tratamento da queda de cabelo é de 1 mg por dia, enquanto para a hiperplasia prostática benigna a dose recomendada é de 5 mg por dia. É importante seguir as orientações do médico e não exceder a dose prescrita, pois isso pode aumentar o risco de efeitos colaterais.

Como tomar

A finasterida deve ser ingerida inteira, com um copo de água, preferencialmente no mesmo horário todos os dias. Não é recomendado partir, mastigar ou esmagar o comprimido, pois isso pode alterar a sua eficácia. Caso esqueça de tomar uma dose, tome assim que lembrar, mas não tome duas doses ao mesmo tempo.

Interferências na dosagem

Alguns medicamentos podem interferir na ação da finasterida, por isso é importante informar ao médico todos os medicamentos que está utilizando antes de iniciar o tratamento. Além disso, o uso de álcool e tabaco pode afetar a eficácia do medicamento, portanto é recomendado evitar o consumo excessivo dessas substâncias.

Efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns da finasterida incluem diminuição da libido, disfunção erétil, alterações na ejaculação e sensibilidade mamária. Caso sinta algum desses sintomas, é importante informar ao médico para que ele possa avaliar a necessidade de ajustar a dosagem ou interromper o tratamento.

Monitoramento da dosagem

Durante o tratamento com finasterida, é importante realizar consultas médicas regulares para monitorar a eficácia do medicamento e verificar a ocorrência de possíveis efeitos colaterais. O médico poderá solicitar exames de sangue para avaliar os níveis hormonais e a função hepática, garantindo a segurança do tratamento.

Contraindicações

A finasterida é contraindicada para mulheres grávidas ou em idade fértil, pois pode causar malformações no feto. Também não é recomendada para pacientes com hipersensibilidade ao princípio ativo ou a qualquer componente da fórmula. Antes de iniciar o tratamento, é importante informar ao médico sobre qualquer condição de saúde ou alergia.

Armazenamento

A finasterida deve ser armazenada em temperatura ambiente, longe da umidade e do calor excessivo. Mantenha o medicamento fora do alcance de crianças e animais de estimação, e não utilize medicamentos vencidos. Em caso de dúvidas sobre o armazenamento, consulte o farmacêutico.

Considerações finais

Seguir corretamente as recomendações de dosagem da finasterida é essencial para garantir a eficácia do tratamento e minimizar os riscos de efeitos colaterais. Sempre consulte o médico antes de iniciar o uso do medicamento e informe sobre qualquer sintoma ou reação adversa durante o tratamento. Lembre-se de que a automedicação pode ser prejudicial à saúde, portanto siga as orientações médicas.