Calvície

A Alopecia Androgenética, como o próprio nome indica, é fortemente determinada pelo nosso perfil genético (significa que a CALVÍCIE tende a permanecer por toda a vida). Estima-se que até 70% dos homens e 40% das mulheres serão afetados por esse tipo de CALVÍCIE em algum momento da vida, sendo que as chances de manifestá-la aumentam com a idade.


Já a Alopecia Areata provoca áreas específicas de CALVÍCIE, que podem surgir e se recuperar espontaneamente. Acredita-se que nesse caso, o problema é causado por uma disfunção do sistema imunológico, podendo atingir diversas regiões como couro cabeludo, sobrancelhas, cílios, barba, entre outros.



Um terceiro tipo é a Alopecia Cicatricial, resultante de infecções bacterianas severas no couro cabeludo, que acabam gerando cicatrizes. Enquanto alguns experimentam somente a queda de cabelo como manifestação isolada da alopecia cicatricial, outros acabam sentindo ainda uma série de sintomas desconfortáveis, como coceira, sensibilidade, ardência, vermelhidão e até mesmo a formação de placas ou pústulas.



Mas e a QUEDA CAPILAR? Nesse caso, chama-se de Eflúvio Telógeno, que faz com que os fios comecem a entrar prematuramente na fase final do seu ciclo de vida. Isso ocorre devido a diversos fatores como ações hormonais, doenças severas, doenças crônicas, ações nutricionais, medicações específicas, gravidez, traumas físicos e psicológicos.

No entanto, alguns medicamentos tópicos e via oral podem minimizar, atrasar ou interromper a manifestação da CALVÍCIE. Além dessas substâncias, veja alguns tratamentos que podem auxiliar na CALVÍCIE:

INTRADERMOTERAPIA CAPILAR
A Intradermoterapia Capilar trata-se de uma técnica de origem francesa, extremamente difundida em toda a Europa. Consiste na introdução de injeções no couro cabeludo, com substâncias que vão tratar a queda de cabelos e estimular o crescimento de novos fios, trazendo excelentes resultados. Tem indicação principal no controle de quedas agudas de cabelo (eflúvio telógeno agudo) ou para o tratamento de resgate de quadros progressivos, como a alopecia androgenética.



LED CAPILAR
LED (Luz Emitida por Diodo) é um laser desenvolvido especificamente para o estímulo capilar. Ele prolonga a fase anágena (de crescimento) do ciclo de vida do cabelo, por meio de um fenômeno chamado bioestimulação. Esse laser ainda tem ação anti-inflamatória e diminui a oleosidade do couro cabeludo. Para restauração capilar, o LED também é útil. Ele age por fotomodulação, acelerando o crescimento capilar e garantindo fios mais fortes. Também diminui a chance de aparecerem irritações.



MICROAGULHAMENTO
A Terapia Percutânea de Indução de Colágeno, conhecida também como Microagulhamento, é o estímulo mecânico à produção de colágeno realizado por meio do rolamento de um cilindro com pequenas agulhas, que provocam micro lesões na pele. O tratamento é indicado para rejuvenescimento em geral, melhorando rugas, flacidez e textura da pele, além de acne, cicatrizes e estrias. Também é um tratamento complementar após sessões de toxina botulínica, preenchimento e peeling. No entanto, também há indicações do uso do Microagulhamento para os cabelos, sendo aplicado no couro cabeludo para a calvície e queda de cabelo, tanto em homens como em mulheres.

AGENDE ATRAVÉS DO WHATSAPP